Comunidade Igreja Notícia

Arquidiocese de Vitória da Conquista suspende missas ao público por 15 dias

Seguindo normas do Ministério da Saúde, a Arquidiocese de Vitória da Conquista suspende todas as atividades pastorais pelos próximos quinze dias. O comunicado assinado pelo Arcebispo Dom Josafá Menezes da Silva foi divulgado nesta quarta-feira (18). Diversas atividades, como a Missa dos Santos Óleos acontecerá com as portas da Catedral Nossa Senhora das Vitórias fechadas. 

NOVAS RECOMENDAÇÕES – CORONAVÍRUS

Aos caros irmãos e irmãs da Arquidiocese de Vitória da Conquista.

“Não se pode viver a vida passando ao largo das dores dos irmãos e das irmãs”

(Apresentação da CF 2020, Texto Base, p.8)

Considerando as medidas preventivas do Governo Federal, Estadual e dos Municípios de nossa Arquidiocese para conter a proliferação da pandemia do COVID-19;

Considerando que o Bispo Diocesano, seguindo o cânon 87 § 1 do Código de Direito Canônico, quando necessário, pode dispensar os fiéis do cumprimento das leis disciplinares em seu território;

Em sintonia com os novos procedimentos adotados pelos organismos sanitários e pelas autoridades civis, e em acréscimo às recomendações dadas nos dias 28 de fevereiro e 14 de março do corrente ano; tendo reunido os Vigários Regionais e o Colégio de Consultores da Arquidiocese de Vitória da Conquista, até tomarmos outras determinações, dispomos o que segue:

  1. A Assembleia Arquidiocesana de Pastoral fica adiada para o período de 13-15 de novembro de 2020;
  2. Sejam suspensos os Mutirões de Confissões programados para o período quaresmal; e seja organizado o atendimento individual das Confissões nas condições permitidas pelas determinações das autoridades civis;
  3. A Ordenação Presbiteral dos Diáconos Uatos, Wagner e Wanderson será realizada no dia 25 de março, às 9h, na igreja matriz da Paróquia Rainha da Paz, Bairro Patagônia, restrita aos familiares e aos membros do clero;
  4. Ficam suspensas por quinze dias, renováveis, as atividades pastorais em todas as Paróquias;
  5. As Celebrações Eucarísticas sejam realizadas sem a participação do povo. Lembramos a recomendação do cânon 1248 § 2: “[…] por causa grave, se a participação na celebração eucarística se tornar impossível […] os fiéis […] se dediquem à oração por tempo conveniente, pessoalmente ou em família, […] de acordo com a oportunidade”. No uso de nossas atribuições, desobrigamos os fiéis de participar das Missas dominicais e dos outros dias de preceito, conforme o cânon 1247 do Código de Direito Canônico;
  6. Fica suspensa a distribuição da Sagrada Comunhão aos enfermos e idosos, realizada pelos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão; recomendando aos sacerdotes, se necessário, a administração do viático;
  7. Mesmo com a temporária ausência dos fiéis, os sacerdotes celebrem o Sacrifício Eucarístico como ato de Cristo e da Igreja (cf. cânon 904) e, quando possível, as celebrações sejam transmitidas através das mídias sociais e rádios;
  8. Durante os dias de semana, desde que não seja solenidade, ficam autorizadas a celebração da Santa Missa com o formulário do Missal Romano: “Em tempo de guerra e de calamidade” (p. 912-913, n. 23);
  9. Ficam suspensas as festas de padroeiros, Via-Sacra e outras manifestações religiosas e devocionais com afluxo de fiéis;
  10. Recomendamos que as igrejas e capelas estejam abertas e arejadas para a visitação dos fiéis, obedecendo a distância de um metro e meio e os outros cuidados da OMS (Organização Mundial da Saúde);
  11. As secretarias paroquiais também se mantenham abertas para o atendimento individualizado dos fiéis, obedecendo às regras dos órgãos de saúde;
  12. A Missa da Unidade prevista para Ribeirão do Largo, em 7 de abril de 2020, será transferida para a Catedral Metropolitana de Vitória da Conquista, e restrita ao clero;
  13. Outras recomendações sobre a Semana Santa serão dadas oportunamente;
  14. Tendo as paróquias e comunidades responsabilidades financeiras, solicitamos a compreensão dos fiéis na fidelidade ao dízimo.

O sacrifício de permanecer em casa e em ambientes mais restritos, evitando contatos, aglomerações e deslocamentos, impõe uma pausa na vida frenética atual e pode se constituir uma ocasião para reflexão mais profunda e a oração mais fecunda.

Como a ciência ainda não disponibilizou vacinas que possam vencer o vírus, tomemos as devidas precauções.

Rezemos confiantes a Deus, Pai das Misericórdias, e a Jesus Cristo, nosso Bom Pastor; peçamos a intercessão de Nossa Senhora das Vitórias e de todos os padroeiros de nossas paróquias e comunidades, para que nos socorram nesta hora de grande tribulação.

Dado e passado na Cúria Metropolitana de Vitória da Conquista, aos 18 dias do mês de março do Ano do Senhor de 2020.

Dom Josafá Menezes da Silva

Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista

Pe. Técio Andrade Lima

Chanceler da Cúria Metropolitana de Vitória da Conquista

Sobre o Autor

Romilson Diamante

Blog feito de tudo um pouco, para agradar a muitos. Meu principal objetivo é ajudar pessoas, levando a melhor informação, uma palavra de conforto, de ânimo, de inspiração...
Minha maior Conquista é a minha satisfação.
"De que serve ao homem conquistar o mundo inteiro se perder a alma?"
@RomilsonDiamante

Adcione um Comentário

Publique um comentário

Instagram

Invalid OAuth access token.

Classificados

Parceiros

Romilson Diamante

Blog feito de tudo um pouco, para agradar a...

Siga-nos:

Descubra um pouco de nós nas Redes Sociais.

RomilsonDiamante.com

O Blog Romilson Diamante visa colaborar com a informação, divulgação e publicidade. Busca se dedicar a ajudar pessoas.